5 dicas de Marketing Pessoal para ser reconhecido (ou aprenda com os meus erros!)

Todo mundo precisa cuidar do seu Marketing Pessoal.

Eu disse tooodo mundo!

A forma como você é percebido no seu mercado profissional demonstra muito sobre como será seu futuro profissional.

Eu fiz uma lista de todas as besteiras que fiz na jornada do meu Marketing Pessoal:

Seu novo nome é…

Toda vez que entro numa nova empresa, tem um jeito próprio de escrever o nome, seja no e-mail, nas assinatura, no crachá.

Quando eu escolhi usar “Mayra Luiza” fiquei com vergonha de pedir que mudassem como era chamada.

Hoje em dia? Não mais!

Essa é a forma como quero ser reconhecida, então é a forma que preciso ser conhecida.

Seja autoridade em…

No início queria ser conhecida por fazer de tudo… mesmo já amando de conteúdo!

Demorou muito estudo de mercado, muito benchmarking na concorrência, muito debate interno pra assumir que eu gosto de tudo, mas quero ser reconhecida como alguém que ensina conteúdo pra quem quer ter sua marca própria.

Conte suas histórias vitoriosas…

Não tenha vergonha de mostrar suas vitórias, ainda mais quando os percalços foram difíceis.

Quanto maior o vale, maior a subida. E as pessoas gostam de ver histórias heroicas.

Não precisa exagerar, conte de forma suscita sua vitória. Para ajudar, escreva como se tivesse falando com alguém que lhe deu sua atenção completa, e releia cortando as partes que floreiam.

Seja fácil de achar…

Um dos motivos para escolher “Mayra Luiza” como a minha marca é que as demais combinações de nome e sobrenome já possuem pessoas melhor rankeadas no Google ou com o @ nas redes sociais que quero atuar.

Inclusive, é importante verificar o que é achado sobre o seu nome ou o ramo da sua autoridade.

Deixe outros dizerem do que você é feito…

Faça entrevistas, apareça em vídeos, seja uma fonte…

Nada melhor pra sua autoridade do que ela ser reconhecida de forma externa.

 



Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *