Gramática visual? O que é isso?

Quando falamos de “gramática” um fenômeno engraçado acontece: a maior parte das pessoas acredita que esse tema é avançado demais pra elas e “pula” a conversa.

Gramática nada mais é do que a estrutura que faz a ordenação do pensamento.

Na linguagem verbal, o pensamento vem em palavras; na linguagem visual, em desenhos.

É divertido entender como nosso cérebro se comporta então, ao invés de querer olhar de fora pra dentro, busque nos estudos da Semiótica, Gestalt, Estética um entendimento que começa de fora pra dentro. Vale a pena conhecer Charles Sanders Birce e o significado dos signos; Ferdinand de Saussure com a linguística da semiotica e Charles Willian Moris que juntou semântica, pragmatismo e sintaxe.

Há anos usamos a linguagem visual para nos comunicarmos: paredes de cavernas, sinais de trânsito, desenhos animados… Mas somente com a criação da semiótica que vimos isso expandir a nossa compreensão de como “lemos” as imagens.

Na verdade, não sei o “lemos” acima precisa de aspas, já que é isso que fazemos… apenas as coloquei, pois não é o sentido que as pessoas pensam quando veem a palavra ler.

Nos lemos visualmente com muita facilidade, uma leitura que está enraizada nos códigos da nossa sociedade.

Por exemplo,

  • emojis podem ser substantivos
  • fluxograma são os verbos
  • gráficos de barras são adjetivos
  • gráficos com coordenada são sentenças ou preposições
  • timeline representa arcos de tensão

Eles representam, respectivamente, itens essenciais pra um enredo: o que/ quem, como, quanto, onde/porque e quando. Quanto mais elementos, mais vivida é a imagem da história que queremos passar.

Todas essas formas de absorver não só o desenho, mas o significado por trás dele, é uma ciência que nos surpreende diariamente na troca com o usuário online, que dá constantes feedbacks sobre o que sentiu ao ver ou interpretar certa imagem.

Por isso, ter uma Biblioteca Interna lotada de Referências Visuais que a sua Persona consome, para saber o que seu target está consumindo e como você pode oferecer algo mais valioso pra ele.

 



Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *